SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 8 Agosto 2020, 09:19

«A iluminação pública e a electricidade na vila de Torres Novas: subsídios e documentos»

p1_central_electrica_grd

 

O livro «A iluminação pública e a electricidade na vila de Torres Novas: subsídios e documentos», da autoria de José Ribeiro Sineiro, é a mais recente edição municipal. A apresentação foi feita na tarde de sábado, dia 13 de Março, perante uma plateia contagiada pela emotividade que transpareceu das palavras de José Ribeiro Sineiro. Foi perante um auditório da Biblioteca composto de amigos e conhecidos que o autor falou com grande emoção do que representa este trabalho. “Sinto-me grato por entrar na vasta galeria de edições que a Câmara Municipal tem levado a efeito. A publicação deste trabalho foi sempre uma luz que me alumiou”.

 

Esta publicação retrata a implantação da iluminação pública em Torres Novas enquanto processo moroso e marcado negativamente por burocracias e interesses antagónicos, quer locais, quer exteriores. Contudo, ressalta no caso torrejano o papel desempenhado em todo o processo pela família Ferreira que, ao longo de gerações, marcou de forma incontestável o desenvolvimento comercial e industrial de Torres Novas, sobretudo nas primeiras décadas do século XX.

 

José Ribeiro Sineiro salienta neste livro a importância comercial da vila de Torres Novas e da sua praça, a partir de meados do séc. XIX, passando depois pelo longo percurso de implementação da iluminação na sociedade torrejana. É ainda destacado o papel da família Ferreira neste contexto, tendo dedicado parte da obra à Empresa Industrial de Electricidade do Almonda.

 

«A iluminação pública e a electricidade na vila de Torres Novas: subsídios e documentos»

recorda todo um processo, com base em informação recolhida em espólios particulares e em diversa documentação pública, trazendo «luz» a detalhes e episódios marcantes da história da iluminação  Coube a João Carlos Lopes, no âmbito do trabalho desenvolvido no Gabinete de Estudos e Planeamento Editorial do município, e porque acompanhou de perto esta publicação, fazer a apresentação do livro.

 

António Rodrigues, presidente da Câmara Municipal fez questão de estar presente nesta cerimónia apesar de salientar que tinha outros compromissos para este dia. “Fiz questão de estar aqui pois seria injusto não estar ao lado do José Ribeiro num dia como este. Percebi desde logo que este livro tem um significado invulgar porque reflecte um acto de amor, de solidariedade, de carinho e de ternura entre todos os que estiveram envolvidos nesta obra. E José Ribeiro sem dúvida que merece fazer parte do rol dos que deixam a sua sabedoria e o seu conhecimento expressos nas folhas de um livro”.

 

António Rodrigues deixou mais uma vez o desafio aos torrejanos, “aos homens e mulheres deste concelho que sigam o exemplo”.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados