SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 23 Setembro 2020, 10:40

Paróquias e Misericórdia parceiros na Regeneração Urbana – “Na Rota da Arte e na Promoção Social”

orgao-primeira-pagina

No âmbito do projecto de regeneração urbana do Centro Histórico de Torres Novas, financiado pelo QREN, são várias as entidades que integram a parceria com a autarquia. Entre os parceiros locais encontram-se as Paróquias da Cidade e a Misericórdia. No projecto “Na Rota da Arte e na Promoção Social” estão contempladas as igrejas do Salvador, de Santiago e de S. Pedro, bem como o edifício de S. Pedro, antiga Casa Vassalo e Inter-paroquial. A Santa Casa da Misericórdia vai fazer algumas intervenções no Centro de Dia, na secretaria e na Capela do Senhor Jesus Lavradores, fazendo ainda parte do projecto deste parceiro o retomar da Procissão do Senhor dos Passos.

 

À conversa com o Pe. Carlos Ramos e com dois membros do Conselho para os Assuntos Económicos e Assuntos Patrimoniais, Pedro Rodrigues e Fernando Cerqueira, ficámos a conhecer o projecto apresentado pelas Paróquias da Cidade. “As Paróquias têm um projecto que pretende potenciar o edificado religioso através do restauro e da remodelação de edifícios de cariz religioso e social. As obras vão incidir na Igreja de Salvador, de Santiago e de São Pedro e no Edifício de S. Pedro. E no âmbito deste projecto será ainda criada a Rota da Talha Dourada”. Para os responsáveis, “esta candidatura visa a criação de condições de segurança na área da Arte e pretende dar uma maior resposta social”. Na Igreja do Salvador, por exemplo, a intervenção será na área da segurança na cobertura da igreja, sua electrificação, bem como a protecção do retábulo principal. Na Igreja de S. Pedro, irá proceder-se ao restauro da cobertura e sua electrificação. Quanto à Igreja de Santiago, proceder-se-á à electrificação e ao restauro do órgão de tubos, uma peça do século XVIII.

 

“Na área da promoção social, a intervenção que já se encontra em curso é no edifício de S. Pedro, através de uma cobertura no bloco n.º 1 do Edifício de S. Pedro e respectiva electrificação, com pintura interior e exterior e limpeza da cantaria”. Adiantou desde já o Padre Carlos Ramos que “em Setembro terá início o projecto de restauro do Órgão de Tubos, e na Páscoa do ano 2010, a comunidade de Torres Novas assistirá a um concerto que contará com a colaboração do Choral Phydellius.”

 

Célia Ramos

 

 

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados