SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 8 Agosto 2020, 09:48

Resitejo transforma lixo em matérias primas

p1_resitejo_grd

A “Resitejo” é a empresa que trata dos resíduos sólidos urbanos. Ou melhor, que os transforma, fazendo deles matérias primas para outras indústrias. É uma empresa que mistura a mão de obra humana, com a tecnologia mais recente na área do tratamento de lixos, havendo até empresas estrangeiras que a procuram para saber que soluções aplicaram, procurando imitar o processo.

A pergunta “O que acontece ao nosso lixo” serviu de mote para ir conhecer a empresa Resitejo, que faz o tratamento dos resíduos sólidos urbanos dos municípios da região, entre os quais o de Torres Novas. E será esse negócio sustentável ou há deficit? Teremos razões para nos preocupar com a necessidade de um novo aterro em breve? Questões a que Diamantino Duarte, o Administrador delegado, procurou responder.

Para Diamantino Duarte todos os negócios «são sustentáveis», dependendo simplesmente «do preço que se cobra à cabeça». Mas nesta empresa, quanto menos se conseguir rentabilizar, mais o cidadão paga, através dos municípios.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados