SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 8 Agosto 2020, 00:35

CDU pretende a substituição do Conselho de Administração do CHMT

O anúncio de que o internamento do serviço de Medicina Interna do Hospital de Torres Novas vai ser transferido para Abrantes, a 6 de Maio, levou a CDU a realizar uma conferência de imprensa, na sexta-feira, dia 12, onde defendeu a substituição do Conselho de Administração (CA) do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Para a CDU, em documento entregue à comunicação social e lido pelo vereador Carlos Tomé, o Conselho de Administração não tem defendido os doentes, apenas se limita a cumprir com o plano estabelecido com o Governo, o que, denunciam, tem causado prejuízo aos utentes, que nunca são prioridade, pois o CA apenas se preocupará em minimizar custos, não tendo em conta o acesso aos cuidados de Saúde.

LML

A saída do internamento de Medicina Interna, que irá vagar camas para que em Torres Novas seja feito um grande Centro de Nefrologia, é mais um fator que irá contribuir para a desmotivação dos profissionais, alertaram também, pois irão ver as suas condições de trabalho também a degradar-se. Avisam ainda que esta saída irá levar à «destruição de postos de trabalho em Torres Novas», apontando para uma estimativa de 80 lugares postos em causa.

Por não concordar com as medidas que o CA tem vindo a implementar a CDU defende a sua substituição para dar possibilidade de ser criado um «Plano Estratégico para todo o setor da Saúde no Médio Tejo».

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados