SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 8 Agosto 2020, 10:29

Tribunal de Contas pede à Câmara que “pondere dissolução” da Turrisespaços

A empresa municipal Turrisespaços poderá ter o seu fim anunciado. Na terça-feira, dia 17, uma informação do Tribunal de Contas pede que a Câmara “pondere” o seu encerramento, por não cumprir os critérios que considera necessários para que continue a operar. Esses critérios reportam aos três últimos anos de exercício da empresa, de 2011 a 2013, durante os quais a empresa teria de apresentar um capacidade de sustentação de pelo menos 50%. Ora nos dois primeiros anos desse exercício os critérios não foram atingidos e no último ano, de 2013, a empresa apresentou 49,78% de receitas próprias, o que, no entender no tribunal não corresponde ao cumprimento dos parâmetros necessários. O município de Torres Novas apresenta outro entendimento, pois entende que os números devem ser lidos por inteiro, o que corresponderia aos 50% necessários para cumprir os critérios. No entanto, para já, o visto prévio do Tribunal de Contas não foi dado e pediu à Câmara para “ponderar” o encerramento da Turrisespaços.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados