Home > Política > CDU pretende a substituição do Conselho de Administração do CHMT

CDU pretende a substituição do Conselho de Administração do CHMT

O anúncio de que o internamento do serviço de Medicina Interna do Hospital de Torres Novas vai ser transferido para Abrantes, a 6 de Maio, levou a CDU a realizar uma conferência de imprensa, na sexta-feira, dia 12, onde defendeu a substituição do Conselho de Administração (CA) do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Para a CDU, em documento entregue à comunicação social e lido pelo vereador Carlos Tomé, o Conselho de Administração não tem defendido os doentes, apenas se limita a cumprir com o plano estabelecido com o Governo, o que, denunciam, tem causado prejuízo aos utentes, que nunca são prioridade, pois o CA apenas se preocupará em minimizar custos, não tendo em conta o acesso aos cuidados de Saúde.

LML

A saída do internamento de Medicina Interna, que irá vagar camas para que em Torres Novas seja feito um grande Centro de Nefrologia, é mais um fator que irá contribuir para a desmotivação dos profissionais, alertaram também, pois irão ver as suas condições de trabalho também a degradar-se. Avisam ainda que esta saída irá levar à «destruição de postos de trabalho em Torres Novas», apontando para uma estimativa de 80 lugares postos em causa.

Por não concordar com as medidas que o CA tem vindo a implementar a CDU defende a sua substituição para dar possibilidade de ser criado um «Plano Estratégico para todo o setor da Saúde no Médio Tejo».

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *