Home > Sociedade > Saldos com pouco movimento

Saldos com pouco movimento

Os saldos começaram no dia 15 de julho. No entanto, as lojas há muito que começaram a oferecer descontos e promoções e quando chega a época dos saldos, “já não é como antigamente”, refere a O Almonda um comerciante, na Rua Alexandre Herculano, no centro histórico de Torres Novas.

Nas últimas semanas o comércio, em especial o de calçado e roupa, começou já a fazer promoções com descontos que chegam aos 50 por cento e que, segundo a confederação do setor, podem prejudicar a época oficial de saldos.

O presidente da Confederação do Comércio Português (CCP), Vasco Melo, defendeu que as promoções prejudicam os saldos, devido aos descontos “demasiado elevados” já praticados pelas lojas anteriormente à época oficial de saldos.

“Se as coisas estivessem a correr bem, no comércio, não havia promoções todo o ano e com descontos bastante altos, como temos verificado”, constata ainda Vasco Melo.

Nos saldos, os comerciantes colocam em desconto os produtos que não conseguiram vender da coleção em causa, neste caso da coleção Verão 2012. É necessário fazer dinheiro para a nova coleção e arranjar espaço nas lojas para a sua chegada. Os descontos nos saldos podem chegar até aos 70%, mas apesar destes descontos tão convidativos, os comerciantes queixam-se que nem em época de saldos as lojas se enchem.

Célia Ramos

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *