Home > Sociedade > Consulta antitabágica do Hospital de Torres Novas

Consulta antitabágica do Hospital de Torres Novas

O Hospital de Torres Novas tem uma consulta antitabágica que tem apresentado resultados surpreendentemente positivos. As principais motivações dos que procuram este serviço do Hospital são a saúde e o dinheiro. Para quem fuma e quer poupar dinheiro esta é uma óptima forma de o fazer.

Luís Miguel Lopes

«As pessoas que nos procuram julgam que temos uma receita milagrosa, mas isso não acontece» avisa o Médico Especialista em Medicina Familiar Dr. Tiago Gaspar. No entanto, com o auxílio de fármacos é possível que as pessoas deixem de fumar sem ansiedade, sem dor. Com dois anos de actividade esta consulta já atendeu cerca de 500 casos.

A primeira consulta consiste em conhecer o doente e identificar os seus hábitos. Procura-se perceber qual o seu nível de dependência, pois há uns que são mais dependentes, que fumam por hábito compulsivo, e os que fumam como acto social. Com um teste afere-se o grau de dependência, onde se procura saber quantos cigarros se consome, quanto tempo depois de se levantar e quais os cigarros “que fazem mais falta”.

«Nos tempos que correm as principais motivações para deixar de fumar são a saúde e o dinheiro», conta o Dr. Tiago sobre os que procuram a sua consulta. Em contas rápidas percebe-se que ao deixar de se fumar um maço por dia se poupa 150€. Os fumadores até sabem disso, mas na maioria das vezes nem querem fazer essas contas. «Muitos dos que procuram a consulta chegam aqui por sofrerem de outras patologias, onde o tabaco funciona como uma agravante da sua doença». Outros decidem procurar a consulta por iniciativa própria, pois entendem «que está na idade de deixar de fumar», o que acontece, na maior parte dos casos, nos que têm entre os 35 e os 55 anos.

Maioritariamente são homens que procuram a consulta, 80%, e chegam até lá por indicação de outro serviço, mas a resposta que o Dr. Tiago mais gosta de ouvir é de que foi por vontade própria.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook