Home > Sociedade > Comunidade Intermunicipal contra as portagens

Comunidade Intermunicipal contra as portagens

 

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo reafirmou o seu desagrado para com a introdução de portagens na A23, no troço entre Abrantes e o nó da A1 (Zibreira). As declarações tiveram lugar numa audiência na “Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações”, onde a Comunidade Intermunicipal alertou não só para as consequências que a medida teria na vida das populações, mas como também que o troço não faz parte da concessão da SCUTVIAS.

 

 “O Almonda” contactou recentemente a empresa concessionária que esclareceu que a sua interferência neste troço se irá cingir à instalação dos pórticos de portagem, sendo que a gestão continuará entregue à Estradas de Portugal, como se verifica actualmente. Há semelhança do que aconteceu na última edição de “O Almonda”, a Estradas de Portugal permanece indisponível para confirmar estas informações.

 

João Rodrigues

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook