Home > Sociedade > Explosões no Entroncamento sobressaltam comunidade

Explosões no Entroncamento sobressaltam comunidade

 

A manhã da passada sexta-feira, 21 foi de sobressalto para os habitantes de um prédio de seis andares no centro do Entroncamento, após três explosões seguidas provocadas por uma ruptura numa conduta de gás natural.

 

A primeira explosão ocorreu às 9:42 horas, segundo informou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) e quando os bombeiros chegaram ao local, poucos minutos depois, ocorreu uma segunda explosão e um bombeiro foi apanhado pela onda de choque da última explosão e um morador que ficou em estado de choque tendo sido ambos transportados para o Hospital de Torres Novas, apesar de se tratarem apenas de ferimentos ligeiros, e pouco tempo depois terem tido alta.

O prédio situa-se perto da estação de caminho de ferro e do mercado municipal, na rua Manuel Rodrigues Gameiro.

 

Na sequência da explosão foram evacuadas cinco pessoas que estavam no prédio e ainda outras seis do edifício contíguo.

 

O comandante distrital de operações de socorro de Santarém, Joaquim Chambel, disse que as explosões provocaram ainda estragos em tectos falsos, vidros e portas, nomeadamente dos elevadores (“não ficou nenhuma inteira”), tendo havido ainda danos em viaturas estacionadas na rua provocados pela queda de telhas.

 

Joaquim Chambel afirmou na altura que até aquele momento não se haviam registado danos estruturais, mas anunciou que iria ser feita nova avaliação, admitindo que os moradores poderiam regressar ainda nesse dia às suas casas.

 

O edifício, com cinco andares, é de utilização mista, tendo 24 apartamentos e lojas. A infiltração de gás no edifício terá sido provocada pela ruptura de uma conduta de gás natural, danificada no decurso de obras para instalação de fibra óptica naquela rua.

 

Célia Ramos

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *