Home > Sociedade > Centros Escolares são «a cereja em cima do bolo»

Centros Escolares são «a cereja em cima do bolo»

 

Os projectos dos Centros Escolares têm todos a chancela do Ministério da Educação. Mas o município de Torres Novas foi mais além, adequando-os ao espaço onde foram instalados e às necessidades específicas de cada local. O resultado é uma obra «fantástica», como foi dito por todos os vereadores que realizaram uma visita a Pedrógão e a Assentis, onde os primeiros Centros Escolares estão a ser ultimados.

 

O périplo por duas freguesias, Pedrógão e Assentis, que a Câmara realizou, enquanto órgão colegial, isto é, com os vereadores da oposição a integrarem a comitiva, foi do agrado de todos os que a efectuaram. Ao longo da visita, que teve lugar no Sábado, dia 26, os Presidentes de Junta das respectivas freguesias foram reclamando de algumas situações que desejam ver arranjadas, essencialmente ao nível das redes viárias e da ligação entre terras, bem como alguns espaços que gostavam de ver ajardinados/alindados.

 

A visita aos Centros Escolares

 

A “cereja”, como lhe chamou o Presidente da Câmara, das obras em curso do município são os Centros Escolares. Ao ver de perto a obra em curso o vereador do PSD, João Sarmento, comentou, «a Câmara deveria era ter começado por aqui, pela Educação, antes de realizar qualquer outra obra». De imediato o Presidente concordou e completou a ideia, «sim, se calhar haverá razão na afirmação, pois tudo o resto viria por acréscimo».

 

De tal modo que ficou agradado com a visita e com o que viu que António Rodrigues anunciou que gostaria de trazer em breve os professores do concelho a conhecer os Centros Escolares.

 

A Carta Escolar do Concelho, aprovada há alguns anos, previa que se fizesse no concelho 9 centros, e desses já se encontram 5 em construção. O Centro Escolar do Norte (Assentis/Chancelaria) estará pronto para receber as aulas a partir de Outubro, prevendo-se que a inauguração aconteça em Setembro. Os alunos que ali forem colocados terão transporte para a Escola, que será assegurado pelo município. Já o Centro Escolar de Pedrógão apenas estará pronto para receber aulas a partir de Janeiro do próximo ano, por razões que se prendem com as obras da envolvente do edifício.

 

Para o próximo ano conta-se que os Centros Escolares de Riachos e Meia Via estejam prontos para receber o ano lectivo, enquanto que o Centro Escolar da Olaia deverá ver a obra a começar a partir de Outubro.

 

Recorde-se que estas obras dos Centros Escolares terão uma comparticipação do município entre 20 e 30%, sendo o resto comparticipado pelo QREN (Quadro de Referência Estratégica Nacional). A Câmara terá feito já um investimento na ordem dos 4 milhões de euros.

 

Luís Miguel Lopes

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook