Home > Sociedade > CDU contra o aumento do preço da água em Torres Novas

CDU contra o aumento do preço da água em Torres Novas

 

Em sessão privada de Câmara o assunto do aumento do preço da água foi posto à discussão pelo executivo socialista. No entanto a votação do aumento do preço da água não chegou a acontecer, pese a discussão se ter arrastado por duas reuniões. Por temer que a água venha sofrer um aumento a CDU veio a terreiro, na segunda-feira, dia 17, em conferência de imprensa, manifestar-se contra o aumento do preço da água.

 

Carlos Tomé, o vereador da CDU na Câmara de Torres Novas, contou que na reunião privada de Câmara de 17 de Maio foi distribuída documentação aos vereadores que procura justificar o aumento do tarifário da água. Com base nele a Câmara prepara-se para fazer «um aumento de tarifas bastante substancial», declarou Carlos Tomé.

 

Ainda não há deliberação

 

Esta matéria ainda não foi deliberada, fez questão de esclarecer o vereador, mas alerta para que haja «aumentos surpreendentes e brutais». Contou ainda Carlos Tomé que na reunião privada o Presidente da Câmara «não renegou os aumentos» mas que entendeu não os aplicar para já. No entanto, tendo em conta a «gravidade do tema» a CDU entendeu «tomar uma posição pública sobre o assunto», justificou.

 

Carlos Tomé lembrou depois que ainda há pouco tempo o município deliberou fazer a adesão à empresa intermunicipal “Águas do Ribatejo” tendo em perspectiva fazer investimentos no saneamento básico. Também nessa altura foi dito que o preço da água não iria ser aumentado e até se disse que iria baixar. Passados alguns meses a Câmara «prepara-se para assumir uma posição contrária à promessa do Presidente», sublinhou Carlos Tomé que logo acrescentou, «não houve alteração de circunstâncias, por isso não faz sentido o aumento».

 

Luís Miguel Lopes

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook