Home > Sociedade > Escultor José Coelho integra exposição colectiva em Tomar

Escultor José Coelho integra exposição colectiva em Tomar

 

O escultor riachense José Coelho viu uma das suas peças integrar a colecção de arte contemporânea do tomarense José-Agusto França, que irá ser exposta na Galeria dos Paços do Concelho, em Tomar até Março deste ano.

 

Para José Coelho é «uma honra» integrar a colecção de Augusto França, pois significa que o trabalho está a ser reconhecido pelos «grandes mestres» da arte em Portugal, considerando que essa presença é para ele «um prémio» e «um momento histórico», pois significa que foi eleito por alguém que é «uma lenda viva da nossa história d´arte», já que o coleccionador foi um dos fundadores do movimento surrealista em Portugal. Por isso, diz José Coelho, fazer parte desse lote significa que o seu trabalho não deixa alguém indiferente como é Augusto França, o que é «uma honra muito grande». Ainda ofegante com o sucedido explicou a “O Almonda” o motivo da sua excitação, «Estas coisas normalmente não acontecem em vida. Para mim, que vim do nada, e que andou sempre a estudar à noite, é algo de extraordinário».

 

José Coelho fez questão de referir o seu “mestre”, Martins Correia, que o apoiou no início da sua carreira artística, e sempre o incentivou a continuar.

 

A peça escultórica de José Coelho vai estar na Galeria dos Paços do Concelho, em Tomar, que realiza exposições individuais e colectivas, desde 2000, de obras dos artistas representados na Colecção José-Agusto França, cujo o programa é definido pelo Núcleo de Arte Contemporânea e que conta com o apoio da Sociedade Nacional de Belas Artes.

 

Luís Miguel Lopes

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *