Home > Sociedade > Motorista da “Luz & Irmão” em greve de fome

Motorista da “Luz & Irmão” em greve de fome

Carlos Campino, empregado na firma de Riachos “Luz & Irmão” está em greve de fome desde segunda-feira, dia 22. O motorista de transportes pesados de longo curso tem 57 anos e trabalha naquela firma há seis anos. A greve de fome é um protesto contra a empresa que, alega, «Não me paga desde Abril».

Carlos Campino afirma que tem os salários por liquidar desde Abril, e nas conversas que teve com a administração esta diz que não tem tido capacidade financeira, o que Carlos Campino diz ser difícil de compreender pois os tractores estão todos na rua, todos os dias, indicando que há serviço. Carlos Campino, em declarações a “O Almonda” disse também não acreditar nas promessas da administração da empresa, pois se acreditasse já não estaria a fazer o protesto. Acompanha-o Manuel Castelão, um dirigente sindical do Sindicato de Transportes, que aproveitou para dizer que o Sindicato compreende a forma de luta mas que não a aprova.

Na terça-feira, dia da reportagem e de fecho de edição de “O Almonda”, Carlos Campino disse que começava a sentir-se um pouco «murcho», por causa da greve de fome, mas que ainda se sentia bem fisicamente. “O Almonda” ainda tentou contactar a administração mas na porta de entrada da empresa foi-nos dito que ninguém se encontrava presente. Na próxima edição contamos apresentar mais informações deste protesto.

 

 

Luís Miguel Lopes

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook