Home > Teresa Tapadas > Penoso

Penoso

O cheiro já paira no ar! Ai… é hora da refeição. Para quem anda com alguma regularidade de avião, consegue perceber com mais clareza ao que me refiro! Todos sabemos o quão é difícil agradar a todos, quando falamos de comida! Uns gostam com mais sal, outros com menos. Uns gostam mais de carne, outros preferem peixe. E também há os vegetarianos, os lactovegetarianos, os vegan… E se para uns a comida tem de vir bem quente senão não presta, para outros a mesma tem de ficar no prato a arrefecer por largos minutos. Enfim… Um mundo. E isto tudo em terra. Agora imaginem isto no ar! Sim, no ar e dentro de um avião. Trezentas pessoas de nacionalidades variadas e todas a comerem o mesmo ou quase o mesmo e todas ao mesmo tempo. Apetece de imediato dizer… parabéns ao cozinheiro!
E hoje é isso mesmo que vou dizer: Parabéns à empresa de catering que é parceira da nossa TAP. Que refeição espectacular! Bacalhau lascado com broa. De comer e chorar por mais. É que nem usaram paloco – o parente pobre do bacalhau (aquele que parece que é mas não é!), usaram bacalhau a sério. Desta é que eu não estava nada à espera. É que a comida nos últimos tempos no que respeita aos aviões tem andado de mal a pior! E tem sido transversal a todas as companhias aéreas. Incluindo a nossa. E nada mais penoso do que sentir fome, bem… fome são três dias! Melhor dizendo, sentir um ratinho e saber que ainda faltam três ou quatro horas para aterrar. Por agora já nos safámos e bem! Maravilha das maravilhas agora, era tomar um café expresso mas, fiquemo-nos pelo café de saco que cumpre perfeitamente é que TUDO ISTO EXISTE, TUDO ISTO É TRISTE (nham, nham) TUDO ISTO são COISAS e CENAS & CENAS e COISAS.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook