Home > Dicas Tecnológicas > O que é o 5G?

O que é o 5G?

A quinta geração da conectividade móvel está a chegar para revolucionar a comunicação entre todos os aparelhos e pretende levar a tecnologia ao seu auge. Atualmente, a rede 4G já está presente em vários locais do mundo, mas mesmo assim, o 3G ainda é dominante. Face a esta situação, as empresas já estão a trabalhar forte na implantação da rede 5G.

Para que serve o 5G?

Cada geração de rede tem tido um objetivo diferente, o 2G foi pensando essencialmente para a digitalização de voz, o 3G para dados de internet móvel e o 4G para permitir aguentar ainda mais o fluxo de dados como o streaming de música e vídeo. Já o 5G, além de poder permitir downloads até 20 Gb/s (sim, leu bem!), vai ser capaz de lidar com triliões de dispositivos conectados. Tudo será capaz de comunicar entre si, graças ao 5G. Esta nova geração, além de permitir ligações mais rápidas de um modo geral, está muito direcionada para a chamada internet das coisas (sigla IoT em Inglês). Num mundo cada vez mais conectado, a tendência será que cada
vez mais aparelhos estejam ligados entre si e com valores mais acessíveis. Os carros, os eletrodomésticos, aparelhos que podem ser vestíveis como óculos, todos eles poderão ser conectados à rede 5G e conversarem entre si. Todos estes dispositivos passarão a ser mais eficientes, trazendo benefícios nas áreas do entretenimento, agricultura, indústria, saúde, energia e realidade virtual.

A velocidade do 5G

Já falei dos 20 Gb/s possíveis de atingir com o 5G, mas à semelhança do que se passa no 4G, o consumidor nunca chega a sentir o potencial máximo da rede e neste caso poderá apenas vir a conseguir algo acima de 10Gbps, mas estes dados estão ainda por confirmar. Uma das principais melhorias no 5G é a redução da latência, ou seja, o tempo de resposta que um telemóvel leva entre receber o sinal e executá-lo. Assim sendo, quanto mais baixa a latência, mais rápido o dispositivo responde quando acionado à distância. Comparativamente, o 4G tem um delay de 10 milissegundos, enquanto o 5G é reduzido a 1 milissegundo.

Panorama atual

Na Europa já existem alguns países com ligação ao 5G, ainda que parcialmente. Países como a Espanha, Áustria, Alemanha, Suíça, Mónaco e Reino Unido. Em Espanha por exemplo o novo serviço
funciona em 15 cidades, entre elas Madrid e Barcelona, através da Vodafone. Este operador está em parceria com a Huawei, que desenvolveu o sistema. Esta e outras implantações na Europa ocorrem à margem da pressão dos EUA sobre os membros da UE para que não se associem à tecnológica chinesa, sendo esta pioneira nesta tecnologia. Já em Portugal, aguarda-se ainda por decisões e orientações por parte do regulador Anacom, situação que já motivou críticas do CEO da Altice, nomeadamente sobre qual será o modelo de atribuição das licenças 5G aos operadores e quanto poderão custar. Espera-se que esta atribuição seja definida em 2020.

 

Ler mais na edição impressa…

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook