Home > Ana Correia > Sporting conquistou Taça de Portugal

Sporting conquistou Taça de Portugal

No sábado, dia 25 de maio, o Estádio Nacional do Jamor recebeu o FC Porto e o Sporting Clube de Portugal num dia de festa para o futebol português, que terminou vestido de verde e branco nos festejos finais. A equipa leonina ergueu a Taça da Prova Rainha e sagrou-se vencedora. A derrota surpreendente no ano passado contra o Desportivo das Aves, fica assim para trás na História do clube, que conquistou a Taça de Portugal 2019, a sua 17ª vez. O FC Porto, vice-campeão, queria a todo o custo levar a Taça para o norte, depois de ter perdido o campeonato para o Benfica na semana anterior. O primeiro golo do encontro ficou a cargo da equipa de Sérgio Conceição aos 23 minutos. Marega rematou certeiro para o fundo da baliza, mas após a consulta no vídeo-árbitro, Jorge Sousa anulou o golo assinalando fora de jogo. O Porto manteve-se forte na partida e aos 40 minutos, Soares, inaugurou o marcador, seguindo-se uma sentida homenagem a Iker Casillas. Rápida resposta da equipa leonina com um passe de Acuña para Bruno Fernandes, a bola sofreu um desvio de Danilo e ficou consumado o empate. No segundo tempo, superioridade para os Dragões no jogo, que ainda assim não foram fortes na finalização. O empate a uma bola aos 90 minutos obrigou ao prolongamento. Com as duas equipas em evidente desgaste físico, uma delas tinha que vencer. A equipa de Marcel Keizer colocou-se em vantagem à passagem do minuto 101, com um golo de Bas Dost. Numa altura em que tudo apontava para a vitória dos leões, já em período de compensação da segunda parte do prolongamento, Felipe apareceu ao segundo poste. Fazendo o golo do empate. Esgotado todo o tempo de jogo, a conquista da Taça de Portugal ficou decidida nas grandes penalidades. Do lado do Sporting, apenas um penalti falhado por Bas Dost. Pepe e Fernando Andrade, dois homens a vestir a camisola da equipa nortenha, falharam as grandes penalidades, ficando assim consumada a vitória do Sporting Clube de Portugal, por 5-4. Uma final bonita de se assistir, com emoções à flor da pele e que terminou com o merecido rugido de leão.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook