Home > Crónicas > Os Iberos terão vindo da Rússia

Os Iberos terão vindo da Rússia

Já se tem dito que os portugueses são parecidos com os russos, mas daí até à realidade creio que nunca tinha havido fundamentação, muito menos científica. Mas há agora factos que podem atestar as aparências físicas e não só. Na verdade, uma equipa internacional em que participam a Universidade do Minho, a Universidade de Coimbra e a Universidade de Lisboa, acaba de publicar um estudo inédito sobre a história genética das populações da Península Ibérica, no qual se revela que portugueses e espanhóis são maioritariamente descendentes de povos que migraram das estepes russas. É interessante, por outro lado, terem chegado à conclusão que os bascos, que sempre quiseram ser independentes, foram os que se misturaram menos. Mais se diz que os atuais habitantes do País Basco são geneticamente semelhantes aos de mil anos a.C. e que mantiveram quer a ancestralidade quer a língua basca, mesmo depois de terem chegado os oriundos das estepes.
A Universidade do Minho vem agora dizer que a região ibérica é a mais caraterizada do mundo, no que se refere ao ADN humano antigo. O estudo reporta-se a um tempo de há oito mil anos, isto é, desde há seis mil anos a.C., quando comunidades de pastores e domesticadores de cavalos das estepes russas, migraram para Oeste até à Península Ibérica. Importa dizer que estes migrantes espalharam o indo-europeu, família linguística falada ao longo da Europa e da Índia. Hei de referir também que no sul de Espanha foram encontrados, lado a lado, dois esqueletos com quatro mil anos, pertencentes a um homem e a uma mulher, sendo esta da península e o homem originário da Europa central.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *