Home > Destaques > Uma lição de sapiência por Alberto Manguel

Uma lição de sapiência por Alberto Manguel

O nome de Alberto Manguel não dirá muito à grande maioria das pessoas. Mas para quem vive no meio bibliófilo é uma espécie de “Papa das Bibliotecas”, o senador da cultura, ou também, numa tarefa bem mais humilde mas cheia de significado, o homem que leu para Jorge Luís Borges, o argentino que alcançou fama mundial como escritor e ensaísta, que foi diretor da Biblioteca Nacional da Argentina, como Alberto Manguel também o foi.

 

Ler mais na edição impressa…

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *