Home > Destaques > A “Árvore habitada” homenageia o movimento associativo de Riachos

A “Árvore habitada” homenageia o movimento associativo de Riachos

No sábado, dia 22, em Riachos em homenagem ao espírito e movimento associativo riachense foi inaugurado o monumento “A Árvore Habitada” junto ao bairro do Tocha. José Carlos Farinha Paula, da Comissão Perpetuar a Cultura Riachense, contextualizou a ideia do monumento, explicando que uma árvore “habitada”, é aquela onde existe um ninho de cegonha, quer tenha ave ou não, daí o nome do monumento. A construção procura evocar outros elementos, como a terra, o ar e o fogo. Aproveitou a ocasião para endereçar os parabéns à metalúrgica Coelhos e aos seus trabalhadores que «com muita sensibilidade» conseguiram completar a tarefa que lhes foi pedido.

 

Ler mais na edição impressa…

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook