Home > Saúde > Ouvir músicas de Natal faz mal ao cérebro e à saúde mental

Ouvir músicas de Natal faz mal ao cérebro e à saúde mental

Por: Fábio Carvalho

A época natalícia está a definitivamente a chegar. Já são visíveis as ruas das cidade iluminadas e alguns casas já com um boneco de Pai Natal a tentar subir algum telhado ou a entrar por alguma janela. Nos supermercados já começamos a ver a azáfama com brinquedos, chocolates ou outros produtos próprios da época natalícia. Aquilo que também muito se vê, ou melhor, se ouve, são as músicas de Natal que tocam sem parar nas ruas das cidades, nas rádios ou também nos supermercados.
Nada contra estas músicas numa época que se pretende que seja de alegria e de paz. Aliás ouvir música, faz muito bem à nossa saúde. O pior é mesmo ouvir estas músicas horas a fio, e sempre as mesmas, durante vários dias, pode ser o suficiente para levar alguém à loucura. De acordo com a psicóloga britânica Linda Blair, em entrevista ao site Sky News, as músicas natalinas podem ter um efeito negativo em nosso cérebro. Para algumas pessoas o “Jingle Bell” pode facilmente ser o “Jingle Hell”. Quem mais sofre por exemplo com isto são as pessoas que trabalham em lojas ou supermercados. “As pessoas que trabalham no comércio, durante o Natal sintonizam esse tipo de música que as impede de se concentrar em outras coisas. Você está simplesmente gastando toda sua energia tentando não ouvir o que está ouvindo”. – disse a especialista ao Sky News. No Brasil por exemplo, há lojas que decidiram tocar as músicas de Natal apenas uma hora por dia. As músicas de Natal nos es
paços comerciais são claramente uma estratégia para apelar ao consumo. Estudos anteriores já revelaram que um equilíbrio entre cheiros e músicas festivas pode afetar positivamente o ambiente de compra, deixando os clientes felizes. Por outro lado, existem também estudos contrários. A Consumer Reports, uma publicação americana, descobriu em 2011 que 23% dos americanos via nas músicas natalícias o pior lado da data. Outra pesquisa realizada no Canadá em 2014 por uma empresa de pesquisas, viu que 36% dos entrevistados admitiam deixar uma loja antes do que precisavam por conta das músicas natalícias. Estas músicas festivas também nos fazem lembrar que é um tempo de alegria, reunião com amigos e família, férias e comemorações, mas que geralmente estão associadas ao consumo. Para algumas pessoas estas músicas podem ter um efeito mais negativo. Pode causar outros problemas como stress e ansiedade, já que as melodias também trazem pensamentos de conflito como por exemplo “preciso comprar presentes mas estou sem dinheiro“, “tomara que não coloquem passas de uva no arroz“, “mais um Natal sozinho”, etc. Não há nada a fazer, o Natal está a chegar e com ele a Mariah Carey (All I want for christmas is you), o Michael Bublé (Holly Jolly Christmas) ou os Anjos (Nesta noite branca, sou um boneco de neve). Muito bem… vou parar. Se não gostarmos, temos de tentar desligar delas e pensar positivo. A Época do Natal dura apenas um mês.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *