Home > Saúde > “Viver sem tabaco”

“Viver sem tabaco”

Dr. Pedro Ferreira de Sousa

No passado dia 17 novembro comemorou-se o Dia Mundial do Não Fumador. A data visa sensibilizar as populações para os fatores de risco associados ao consumo de tabaco e divulgar as formas mais eficazes para deixar de fumar. É assim um dia de reflexão, mas também de ação, podendo servir de motivação para deixar de fumar. Deixar de fumar é possível e com certeza conhece pessoas que o conseguiram. Fumar é uma dependência física e psicológica, pelo que deixar de fumar implica superar esta dupla dependência. Se deixar de fumar notará imediatamente benefícios na sua vida diária:

• Desaparecerá o mau hálito e as manchas amarelas nos dentes.

• Terá mais dinheiro para outras coisas.

• Notará que o tabaco não o controla e sentir-se-á melhor consigo próprio.

• A sua família e amigos deixarão de inalar o fumo dos seus cigarros.

• O seu paladar e olfato melhorarão, bem como a sua capacidade para o desporto.

• Acabará com o cheiro a tabaco da roupa, carro, casa, etc.

• Os sintomas respiratórios como a tosse melhorarão. Nesse sentido, uma sugestão interessante será escolher uma data para deixar de fumar, de
preferência uma data importante. Deve-se procurar apoio, se for alguém que também está a deixar de fumar, melhor (familiares, amigos, etc.). Alguns conselhos para os dias anteriores:

• Escreva uma lista de razões para deixar de fumar.

• Na noite anterior à data eleita, desfaça-se do tabaco que sobra e esconda os cinzeiros, isqueiros e outras coisas relacionadas com o tabaco.

No dia assinalado:

• Não pense que não voltará a fumar. Preocupe-se só com o próprio dia.

• Não se sinta vítima da sua decisão, faça-o porque é o melhor para si.

• Tente reduzir as bebidas que costumam acompanhar o tabaco (café, etc).

• Depois de comer, mude a sua rotina: saia para dar um passeio, lave os dentes após a refeição, etc;

• Evite ambientes onde se fume.

A USF Almonda dispõe de consulta de cessação tabágica na qual os utentes se podem inscrever gratuitamente, com acompanhamento personalizado para cada situação que inclui terapia motivacional e medicamentosa. Consulte a sua equipa de família e aprenda a viver sem tabaco!

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *