Home > Saúde > Diga não ao tabaco!

Diga não ao tabaco!

Por: Dr.ª Rita Durão

Comemorou-se no passado dia 17 de novembro o Dia Nacional do Não Fumador. O tabaco é a droga social legal mais aceite mundialmente. Apesar de legal constitui um perigo para a saúde pública e é dever de todos nós acabar com o seu consumo. O consumo regular de tabaco, ativo e passivo, está associado a um inúmero tipo de doenças, sendo apontado como a principal causa evitável de doença e morte nas sociedades mais evoluídas. O tabaco é prejudicial não só para a saúde do fumador como também para os não fumadores expostos ao fumo do tabaco. Apesar de toda a informação disponível, o consumo de tabaco continua a ser socialmente aceite, e em certos grupos, até estimulado. A informação existe, mas o aumento do consumo de tabaco, especialmente nas camadas mais jovens é preocupante. Para os jovens é sinal de maturidade fumar, identificando-se com comportamentos típicos do adulto. É necessário e urgente mudar este paradigma. A opção de não fumar deve ser valorizada enquanto escolha mais madura e adulta, cabendo aos mais velhos dar o exemplo. O que acontece quando se deixa de fumar? Ao fim de apenas 20 minutos já se nota uma diminuição da frequência cardíaca, reduzindo assim o esforço que o coração tem que fazer para bombear o sangue para todo o corpo. Passadas 12 horas a concentração de monóxido de carbono (tóxico para o organismo) volta ao normal. Ao fim de 2 semanas já se nota melhoria na função pulmonar e começa a diminuir o risco de ter um ataque cardíaco. Após 1 a 9 meses já se sente com mais energia, respira melhor, tem menos tosse e falta de ar. Ao fim de um ano o risco de ter um enfarte diminui para metade. Quando passaram 5 anos o risco de cancro (pulmão, boca, garganta, esófago, bexiga) diminui para metade. Ao fim de 15 anos, o risco de ter um ataque cardíaco será semelhante ao de quem nunca fumou. Parar de fumar é vantajoso em qualquer idade, mas quanto mais cedo, mais benefícios terá. Se quer deixar de fumar e precisa de ajuda, contacte o seu médico, ele pode ajudá-lo e se necessário enviá-lo para uma consulta especializada. Na USF Cardilium temos profissionais qualificados e preparados para o acompanhar neste processo, tornando mais fácil o caminho para uma vida livre, sem tabaco!

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *