Home > Teresa Tapadas > Um certo “Je ne c’est quoi …”

Um certo “Je ne c’est quoi …”

Pelas ruas da nossa terra, já se vai adivinhando que o Natal está próximo. Os enfeites nas ruas principais já estão a ser colocados e nas montras a pouco e pouco os motivos relativos ao São Martinho vão dando lugar a um sem número de artigos que irão aguçar a necessidade de quem para eles olha, durante o decorrer deste mês de novembro e todo o mês de dezembro. Ok. Ok. Ok. A Feira Nacional do Cavalo na Golegã até já terminou! Ora favas … Passamos um ano a suspirar pela feira e agora, já passou… não é justo! Tudo o que é bom passa num ápice. Sempre foi e pelos vistos, sempre assim há de continuar a ser. O nosso Ribatejo no seu melhor! Este ano a feira foi molhada mas na minha singela opinião, mesmo assim foi extraordinária. Verdadeiro, ambiente cinematográfico. Digno de Hollywood. À medida que vamos entrando Golegã adentro, vamos sendo surpreendidos e contagiados… O fumo das castanhas assadas no arneiro da feira, os cavalos, os cavaleiros, as amazonas, as casetas repletas de amigos e as portas e portões das casas que durante uma semana estão 24h sobre 24h, abertos aos amigos e aos amigos dos amigos. Sempre em são convívio ao redor da mesa! E como tema principal – O CAVALO. E a paixão, e o amor às tradições e à arte! Que isto de montar não é para todos. Escarranchado qualquer um de nós, anda. Mas montar, vai muito para além disso. Não basta um cavalo, um arreio e um cavaleiro … há todo um “je ne c’est quoi” que apenas se sente e a partir daí é, magia! Magia mas, da branca e sempre em doses terapêuticas. Nas mesmas proporções há, muito em especial noite fora, um sem fim de prevaricações à nossa espera e que vão desde a castanha assada à ginjinha passando pelas tradicionais farturas até à bifana de Vendas Novas que comida altas horas da madrugada é um pitéu de bradar aos céus. Sim é que até isto de espalhar magia é uma arte! E dá cá uma fome… talvez, porque TUDO ISTO EXISTE, TUDO ISTO É TRISTE (viva a Feira da Golegã!), TUDO ISTO SÃO COISAS e CENAS & CENAS e COISAS.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *