Home > Ana Correia > Torres Novas atravessa fase complicada

Torres Novas atravessa fase complicada

O jogo entre o Clube Desportivo de Torres Novas e o Clube Desportivo Amiense disputou-se no passado domingo, dia 11, numa tarde em que a chuva se fez sentir com grande intensidade no Estádio Municipal Dr. Alves Vieira. A equipa torrejana partiu para este encontro vinda de um empate frente à União de Tomar, já o Amiense carregava o leve peso de uma vitória contra a equipa da Glória do Ribatejo. As duas equipas são tradicionalmente fortes e os jogos entre elas são sempre de um elevado interesse. Ambas as equipas entraram bem em campo, num jogo disputado muito no meio campo e onde os lances de mais perigo só surgiram em lances de bola parada, uma vez que as condições climatéricas não permitiram as melhores condições para que no relvado se pudesse arriscar muito. Os homens do Torres Novas sentiram o perigo na sua baliza logo ao início do jogo. Tanto o CDTN como o Amiense não tiveram facilidade em implementar o seu tipo de jogo e nos primeiros 45 minutos o equilíbrio entre as equipas fez-se sentir. No segundo tempo a equipa visitante entrou melhor em campo e acabou por marcar aquele que viria a ser o único golo da partida, que lhes deu a vitória. Em desvantagem à passagem do minuto 47, a equipa torrejana foi obrigada a correr atrás do resultado. A pouco e pouco os homens de Torres Novas foram crescendo no jogo, conseguiram ainda causar perigo, mas mais uma vez o golo não apareceu. O Amiense em vantagem procurou e segurou o resultado, não permitindo ao Torres Novas dar a volta. Mais uma derrota para os torrejanos que continuam numa fase complicada do campeonato. Sem vitórias e com poucos golos, a situação do CDTN parece ainda não estar resolvida e as contas começam a complicar-se, uma vez que ocupam os últimos lugares da tabela. Relativamente à equipa de arbitragem liderada por Paulo Raposo e auxiliada por Pedro Freire e Adelino Crespo, não tiveram uma prestação brilhante, erraram em algumas decisões, mas, ainda assim, não são os principais responsáveis pela derrota. Os Amarelos voltam a jogar em casa no próximo domingo, num jogo que não se avizinha fácil, mas que pode ser uma boa oportunidade para voltarem às vitórias.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *