Home > Teatro > No Teatro Virgínia: Sérgio Godinho de volta aos palcos

No Teatro Virgínia: Sérgio Godinho de volta aos palcos

 

A presença de Sérgio Godinho no teatro é conhecida desde há muito. Ao lado de Maria do Céu Guerra e João Perry, interpretou “Liberdade, Liberdade” no Teatro Villaret, quando regressou a Portugal do Canadá, após o 25 de Abril. Contudo desde 1989 que o seu nome não surgia em cartaz, quando participa com Alexandra Lencastre em “Quem Pode Pode”, de David Mamet, no Politeama. Surge agora novamente nos palcos de teatro com a peça “Onde Vamos Morar”, com encenação de Jorge Silva Melo, a partir de um texto de José Maria Vieira Mendes. O Teatro Virgínia receberá esta peça no próximo dia 16 de Maio, Sábado à noite, e “O Almonda” esteve à conversa com este cantor/actor afim de descobrir um pouco mais sobre o desafio.

 

Alm – Como surge a oportunidade para este regresso ao Teatro?

SG – Eu tenho tido alguns convites para fazer teatro nestes últimos anos. Por razões várias, ou pelo projecto intrínseco que não me dizia tanto, ou por incapacidade de agenda, não pude ou não quis dizer que sim. Desta vez foi diferente. Esta peça esteve em cartaz no ano passado em Lisboa, com os Artistas Unidos, e estamos agora, um ano depois, a ressuscitá-la para esta série de espectáculos pelo país. Eu tenho uma grande admiração pelo trabalho do Jorge Silva Melo e pelo trabalho dramatúrgico do José Maria Vieira Mendes, mas também pelos Artistas Unidos, de quem fui sempre um entusiasta, pela pujança, pessoas que vão em frente com projectos, por vezes com grandes dificuldades. Por isso, quando no ano passado esse convite me foi feito, muito rapidamente senti que esse era o momento.

CLC

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook