Home > Saúde > Uma ida à praia não sabe o bem que lhe fazia

Uma ida à praia não sabe o bem que lhe fazia

Por: Fábio Carvalho

Estamos no verão, o calor já se faz sentir, e bem, é tempo de gozar férias e dar um saltinho à praia. Vamos lá agarrar nos chapéus de sol, nas lancheiras, nas toalhas e aproveitar o que de bom a praia nos pode dar. E são muitos os benefícios para a nossa saúde que nos trás um dia bem passado junto ao mar. Para o corpo e para a mente. Uns belos passeios no areal à beira-mar são muito bons para as nossas articulações e ajuda a manter-nos em forma. Estimulamos melhor a circulação sanguínea reduzindo significativamente o risco de problemas relacionados com pressão arterial alta e doenças cardíacas. A qualidade do ar na praia é muito melhor do que a qualidade do ar nas grandes cidades. Por isso, ir à praia é um convite para respirarmos fundo para melhorar a nossa respiração. Com uma melhor respiração dificultamos o risco de asma, bronquite e outras doenças respiratórias. Além disso, o ar da praia tem íons negativos que trabalham para aumentar a absorção de oxigénio nos pulmões. Ir à praia ajuda a manter os níveis saudáveis de iodo no corpo devido ele estar presente na água do mar. Mantendo os níveis adequados de iodo no organismo, o indivíduo terá também ótimos níveis de energia e taxas metabólicas. E não é só bom para o nosso corpo, para a mente também. Ir à praia passa-nos um sentimento de paz e tranquilidade o que pode ser ótimo para a nossa mente, reduzindo os níveis de ansiedade e stress. O sentimento de paz e tranquilidade que experimentamos na praia tem sido tratado como “blue space” (espaço azul, em tradução livre). De acordo com cientistas, esse é o efeito que a combinação de cheiros e sons do mar causam no nosso cérebro.
A tranquilidade da praia (tirando os dias de praia cheia) ajuda a limpar melhor a mente e abordar problemas ou projetos de forma mais criativa. Com isso a praia ativa um sentimento de calma que nos permite refletir e focar no que realmente precisamos no momento. Gosto muito de dormir uma bela sesta na praia, mesmo com os meus amigos a gritar “Tu vens para a praia dormir”. Mas eu é que tenho razão. Porque dormir na praia melhora a nossa qualidade do sono. Mantêm o nosso corpo mais relaxado e ajuda-nos a descontrair. A a ionização negativa do ar (os átomos que compõem a brisa marítima) influencia positivamente o bem-estar de quem vai à praia. Essa ionização também ajuda no aumento da serotonina que também estimula as regiões no cérebro que controlam o sono e o despertar. Quanto mais serotonina seu corpo liberar melhor será a qualidade do seu sono. Para além disso, na praia costumamos fazer mais exercício físico, o que resulta numa melhoria do ritmo cardíaco, da oxigenação dos tecidos e da circulação. E à noite, o cansaço acumulado, faz o resto. É ótimo para quem sofre de insónias. Os químicos presentes na água do mar garantem efeitos benéficos para o organismo. Ajudam a combater alergias, melhoram o funcionamento do sistema respiratório, aliviam os músculos e permitem a chegada de mais oxigénio às células. Depois vêm os ossos, que ganham mais cálcio. A exposição ao sol, na praia, nos horários adequados, facilita a reposição natural da vitamina D. Tudo bons motivos, não é? Ir à praia faz sempre bem, por isso não perca mais tempo, aproveite o bom tempo. Nem que seja por um dia vá, porque faz muito bem à sua saúde. Umas boas férias a todos

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *