Home > Ana Madureira > Respeitinho

Respeitinho

Respeitinho! Retomei a ida a banhos. Decidi voltar à piscina. Na piscina, quase consegui montar um miniestúdio sociológico. Entre uma braçada e outra, fui traçando os diferentes perfis de quem por ali estava. É trágico. Destaco um desses perfis.
O da criança animada que nada conforme lhe apetece, chapinha por todos os lados e atinge-nos com pontapés. Há, depois, outro perfil: o do pai da criança que acha imensa piada às façanhas da mesma, que a acompanha nas palhaçadas e que se esquece de que a piscina é pública e não privada. Nesta semana, só venho mesmo fazer um apelo. Garantam que a vossa liberdade acaba, efetivamente, onde a dos outros começa. E que fique claro, eu adoro crianças. Só não gosto mesmo é de ser atingida com murros, pontapés e cotoveladas enquanto nado, porque uma criança decidiu atravessar a piscina e passar à frente de quem só queria…nadar!   P.S.: havia outra piscina, mais apropriada para o efeito.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *