Home > Última página > Arte Urbana, intervenção ou vandalismo?

Arte Urbana, intervenção ou vandalismo?

A pergunta assaltou quem passou junto da estátua do Dr. Alves Vieira, que se situa no jardim da Avenida, em Torres Novas. Na quarta-feira, dia 27, de manhã, quem por ali passou foi surpreendido pela cobertura em celofane vermelho da estátua a Alves Vieira. Rapidamente nas redes sociais a imagem foi divulgada e começou um debate aceso, sobre “arte vs vandalismo”. Sem autor definido instalou-se a dúvida: Seria uma intervenção artística ou teria contornos políticos? É sabido que Alves Vieira tem o nome associado ao “antigo regime”, do Estado Novo mas, por outro lado, é visto por muitos torrejanos como um benfeitor da terra. Se foi uma intervenção com alguma conotação política não há nada que o denuncie, pois nenhuma associação ou força política apadrinhou publicamente a iniciativa. Segue-se a hipótese de vandalismo. Só que, se assim fosse, o ímpeto destruidor estaria mais presente. E não foi o caso. A estátua não foi danificada. Foi coberta com celofane. Não houve dano físico da propriedade pública. Talvez, para alguns, danos morais ou atentado à memória. Se foi uma intervenção de cariz artístico sobra a dúvida da sua razão. Foi por se tratar da estátua a Alves Vieira, ou poderia ter sido a intervenção sobre a estátua da Liberdade, frente à Escola da Polícia? Será que se trata dos mesmos autores de quem andou a cobrir os bancos de jardim em Lisboa com celofane? – Já foram publicadas notícias que dão conta de dois jovens com projeto “A Mudar Lisboa”, com mais de três dezenas de “instalações”. Será por isso alguém que está a replicar a ideia, um imitador? Aí a intervenção artística perde força, pois não é original. É apenas uma cópia. Se, por último, foi um ato de agitação, nesse caso teve o condão de suscitar por alguns dias uma discussão e um “post” no facebook e este artigo de jornal.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *