Home > Ana Correia > Portugal nos “oitavos” do Mundial

Portugal nos “oitavos” do Mundial

A seleção nacional Portuguesa carimbou na passada segunda-feira, dia 25, o passaporte para os oitavos de final do Mundial 2018 na Rússia. Portugal teve o segundo encontro da fase de grupos, no dia 20 contra a seleção de Marrocos, tendo vencido apenas por 1-0, num jogo que se tornou mais difícil do que era expectável, mas que ainda assim a seleção de Fernando Santos conseguiu arrecadar três preciosos pontos. Nesse encontro a seleção das quinas não fez uma exibição brilhante, teve dificuldades em travar o adversário, mas cedo se adiantou no marcador, novamente por intermédio do capitão Cristiano Ronaldo. Mas se o melhor jogador do mundo deu o golo da vitória aos Portugueses, não se pode esquecer que Rui Patrício evitou a reviravolta no resultado, sendo tão importante o golo de Ronaldo como as defesas de Patrício. Quem não parecia muito satisfeito com a exibição da equipa no final do jogo, foi o selecionador Português que não ficou, nem podia ficar indiferente ao desempenho dos seus Homens. O último jogo de Portugal na fase de grupos contra o Irão de Carlos Queirós foi sinónimo de sofrimento. Os lusos entraram bem na partida, controlaram o jogo e adiantaram-se no marcador, numa excelente trivela de Ricardo Quaresma. A formação das “quinas” podia ter acabado com o jogo, numa grande penalidade, mas Cristiano Ronaldo acabou por desperdiçar a oportunidade e a partir daí foi sofrer até ao último segundo. O Irão arriscou tudo, como de resto lhe era exigido, chegando, ao empate, através de um penalti, decidido pelo vídeo-árbitro. O empate bastava à seleção de Fernando Santos que nos últimos minutos tentou e conseguiu com sucesso proteger a baliza de Patrício, consomando assim a qualificação para os oitavos de final do mundial, cumprindo mais um objetivo. Portugal segue em frente e vai encontrar no próximo sábado o Uruguai, num jogo do tudo ou nada. No grupo de Portugal passou também à seguinte fase a seleção Espanhola, que tal como os lusos foram os merecedores de seguir em frente na luta pela conquista do mundial.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *