Home > Teresa Tapadas > American Dream

American Dream

Palavras para quê?! O meu coração transborda de felicidade e ao mesmo tempo sinto-me triste. Lá está a minha quase bi-polaridade a falar por mim. LOL (como gosta a nova geração de escrever…) O meu rancho. O rancho do meu coração. A família à qual pertenço há quase 30 anos partiu no dia 7 deste mês da graça de Deus, para mais uma viagem ao estrangeiro, para representar Portugal nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em Newark – New Jersey, na costa leste dos Estados Unidos e eu fiquei. Estranho ver partir o autocarro do largo de Riachos… e mais estranho ainda depois disso é ver o nosso Chefe no Largo. Joaquim Santana um nome incontornável do Folclore. Do folclore de Riachos. Isso ninguém põe em dúvida e aqui vos afirmo que no panorama nacional acreditem que também não. Associativismo é uma coisa, 60 anos à frente e na linha da frente de todas as frentes, como todos nós sabemos de um Rancho Folclórico como é o rancho de Riachos é outra. É Paixão. É Amor. E se eu que sou só uma componente que ficou em terra por motivos profissionais, fiquei de lágrima ao canto do olho, nem quero pensar como ficou apertado o coração do nosso Chefe. As novas tecnologias têm-nos permitido ver até em tempo real através dos diretos do Facebook o sucesso que está a ser a digressão. Os sorrisos estão estampados no rosto dos componentes e de toda a comitiva do executivo da Câmara de Torres Novas. Deste lado de cá do oceano em Dia de Portugal, também eu tive o enorme gosto e o privilégio enorme de participar no Concerto Portugal, organizado e levado à cena pela Associação Cantar Nosso da Golegã – Escola de Música na Quinta dos Álamos. Com a devida permissão do Chefe, trajei-me e ao som de gaita de foles, tambor e caixa dancei o fandango e depois acompanhada à guitarra e à viola cantei o poema “A minha Cor” de Manuel d’Andrade na música do tradicional Fado Pedro Rodrigues. Tão somente porque TUDO ISTO EXISTE, TUDO ISTO É TRISTE (tudo isto já são saudades e bué vontade de ter viajado para os States convosco) TUDO ISTO são COISAS e CENAS & CENAS e COISAS.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *