Home > Ana Correia > Pela primeira vez Tomar Venceu Taça do Ribatejo

Pela primeira vez Tomar Venceu Taça do Ribatejo

Domingo, dia 13, foi o dia da grande final da Taça do Ribatejo, disputada entre a União de Tomar e a Associação Desportiva de Mação no Complexo Desportivo do Bonito, no Entroncamento. A partida teve casa cheia, num ambiente de uma verdadeira final, onde quem acabou por sair mais feliz foram os nabantinos ao vencer os campeões distritais por 2-1. A primeira oportunidade de golo foi para o Mação, logo aos 2 minutos de jogo, mas quem acabou por chegar primeiro ao golo foi a União de Tomar, por intermédio de Luis Alves, aos 7 minutos. O golo veio dar ânimo à partida, uma vez que o Mação foi intensificando o seu jogo para poder dar a volta ao resultado e tratando-se de uma final, o Tomar tentava a todo o custo segurar a vantagem. A primeira parte foi decorrendo com um grande equilíbrio entre as equipas e o Tomar seguiu para o intervalo em vantagem. A segunda parte, foi, tal como era de esperar bastante intensa. O Mação entrou bem no jogo e restabeleceu a igualdade aos 52 minutos, através de uma grande penalidade, bem assinalada pela equipa de arbitragem, em que Bruno Lemos aproveitou para fazer o primeiro golo da sua equipa. Com o resultado novamente em aberto, tudo era possível e foi-se assistindo a um Mação superior em determinados momentos, mas um adversário muito rápido no contra-ataque que ia causando perigo à defesa da Associação Desportiva de Mação. Aos 80 minutos, os campeões distritais tiveram uma grande oportunidade de fazer o segundo golo, num lance em que o jogador Freitas em frente ao guarda-redes rematou por cima da baliza. A verdade é que equipa que não marca sofre, e assim aconteceu. Ao minuto 83, Wemerson, do União de Tomar, num contra-ataque isola-se, chegando perto da área, o guarda redes, hesitou em sair e o camisola 11 rematou para o fundo da baliza. Nos últimos minutos de jogo, o Mação ainda se deparou com a expulsão de um dos seus Homens, Saúl, mas foi arriscando até ao fim, numa tentativa de mudar o resultado, ainda assim em vão, até porque quem podia ter alargado a vantagem foi o adversário que falhou uma grande penalidade, aos 95 minutos. No final quem levou a taça para casa foi a União de Tomar, que conquistou este troféu pela primeira vez.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *