Home > Teresa Tapadas > … já começou o ensaio para a semana da Ascensão

… já começou o ensaio para a semana da Ascensão

Eis que entramos no mês de maio. No meu querido mês de maio! Neste momento estamos todos a pensar o mesmo e que é qualquer coisa do género… ”bolas o tempo passa mesmo a correr”. Já?! Já estamos em maio? Ainda ontem era Natal. O tempo não para. Mesmo! E o meu mês de maio é sempre riquíssimo de datas a assinalar (nos outros meses também as há, mas… não é a mesma coisa). Digo “meu” pois que sou do Rosário de nome próprio por ter nascido no mês de Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Nasci no dia 10. Que por sinal este ano é feriado. Ora vejam só. É “preciso” uma pessoa fazer 41 anos para finalmente “perceberem” que a festividade é de tal modo importante que até merece ser feriado. Municipal mas, feriado! E para mais Quinta-feira de Ascensão. Que eu adoro. Os meus primeiros serões fadistas em ambiente de tertúlia, foram vividos durante a semana da Ascensão na vila da Chamusca. E desde aí guardo no coração um generoso punhado de amigos… Infelizmente alguns já partiram. Assim como também já partiram alguns daqueles a quem religiosamente telefonava no dia do seu aniversário e eles a mim. Mas dizem que é mesmo assim isto de estar vivo e viver. Mas faz doer. E é de tal ordem, que mesmo sabendo por todas as razões e mais uma que é mesmo assim, sem dar conta por vezes essa dor inunda-me os olhos e faz-me deslizar pela face a saudade que sinto. E dou por mim a viajar no tempo, através das recordações dos muitos momentos vividos de uma vida que ainda me parece curta mas graças a Deus tem sido vivida de forma consciente mas muito intensa, num misto de gratidão e amor. E a partir deste ano podemos juntar mais duas efemérides ao mês de maio… Portugal é este ano e pela primeira vez na história, o anfitrião do Festival da Eurovisão – Obrigada Salvador Sobral pelo tema “ Amar pelos dois” e João Sousa fez história sendo o primeiro português a vencer o Estoril Open. Somos GRANDES e durante o mês de maio então… apenas porque TUDO ISTO EXISTE, TUDO ISTO É TRISTE (mas tristezas não pagam dívidas… deixemo-nos disso) TUDO ISTO são COISAS e CENAS & CENAS e COISAS.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *