Home > Saúde > Dormir de meias eis a questão?

Dormir de meias eis a questão?

Por: Fábio Carvalho

Pode o tema deste texto parecer ridículo, com pouco ou nenhum interesse, mas afinal porque é assim tão importante saber se devemos dormir, ou não, de meias. Tenho um amigo que me dizia que um médico seu lhe disse que se dormisse de meias podia ficar cego. Ora não sei se o meu amigo estava a brincar connosco ou se era o médico a brincar com ele. O assunto pode não ter nada para discutir, mas dormir com meias é uma questão que é mais debatida na nossa sociedade do que nós pensamos. Mas afinal, faz ou não, mal à saúde, dormir de meias? Podemos ou não ficar cegos? Segundo um artigo publicado no site “Delas”, dormir com meias calçadas é mesmo obrigatório segundo especialistas da National Sleep Foundation nos Estados Unidos. Segundo o artigo, ter este hábito vai sempre resultar num melhor, mais profundo e mais longo sono. Ter meias faz com que os pés fiquem mais quentes, haja dilatação dos vasos sanguíneos, processo que vai indicar ao cérebro que é hora de acalmar e repousar. Dormir com meias que permita aquecer e manter a temperatura corporal. É também importante escolher umas meias que não apertem e, claro, nunca usar as mesmas que calçou durante o dia e lavar bem os pés antes de calçar as meias com que vai dormir. Não trocar de meias pode acumular bactérias, o que pode levar a infeções causadas por fungos. Há um tipo de meias que devemos escolher? O site Healthline refere que a escolha deve sempre recair sobre “fibras naturais macias”, onde se incluem as meias de lã de merino ou de caxemira. Deve haver espaço suficiente para que o fluxo de ar se mova em torno de seus pés, impedindo-os de superaquecer e suar. Se os pés estiverem muito quentes, pode causar o aumento do número de bactérias. Por curiosidade diz-se também que não é nada sexy dormir de meias. E segundo um estudo da Universidade de Groningen, na Holanda, ter meias calçadas durante as relações sexuais “facilita a ambos a chegada ao orgasmo”. O autor deste estudo, Gert Holstege, comprovou que 80% dos casais têem meias calçadas durante o clímax, comparativamente aos restantes que preferiram ficar descalços. Se não gosta de calçar meias pode também utilizá-las para curar algumas maleitas. Na Rússia há um método antigo para evitar a tosse excessiva no inverno, mas pode ser usado em qualquer época do ano. Coloque 1 ou 2 colheres de sopa de mostarda em pó nas meias e calce-as. Em seguida, coloque mais um par de meias sobre estes e vá dormir. Troque pela manhã. Repita o mesmo método por dias seguidos até melhorar a tosse. Se por acaso não é fã de dormir com meias também não se preocupe, porque também não há problema em dormir sem elas. O mais importante é que no final com ou sem meias tenha um sono mais tranquilo. Mas dormir de meias afinal faz mal aos olhos? Não sei, não consegui descobrir. Este é mais um daqueles tópicos com os seus prós e contras, e onde cada um decide o que mais confortável é para si. Eu cá sou um “meiólatra”, por ser mais confortável e porque os meus pés são mais gelados que o iceberg onde bateu o Titanic. Mas se soubesse que dormir de meias fazia mal aos olhos, nunca mais usava, porque assim talvez não fosse míope.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *