Home > Ana Correia > Reta final do campeonato

Reta final do campeonato

Estamos a caminhar a passos largos para o final de mais uma época desportiva do campeonato distrital da 1ª divisão e é momento de fazer um balanço de todo o percurso que as equipas têm vindo a desenvolver. Faltando apenas quatro jornadas para o fim, ainda não é conhecida a equipa que terá a honra de subir até ao campeonato nacional, mas a que está mais perto – e inclusive se arrisca a dizer que vê o passaporte quase carimbado – é a Associação Desportiva de Mação, uma vez que se encontra a oito pontos do segundo classificado, a União de Tomar igualada com o Fazendense em pontuação. Sendo o futebol um jogo de competição nada estará ainda assegurado, mas a verdade é que o Mação não deu tréguas este ano. E desde que conquistou a liderança, na 5ª jornada, não mais largou o primeiro lugar. Ao longo da época as equipas que apresentaram mais regularidade e que ocuparam sempre os lugares cimeiros da tabela foram o Clube Desportivo de Torres Novas, a Associação Desportiva Fazendense e a União de Tomar, encontrando-se estes a disputar o segundo lugar, que juntamente com o primeiro classificado dá acesso direto à Taça de Portugal. Esta competição é muito desejada e ambicionada pelas equipas distritais, não só pela importância da competição, mas também pelo valor monetário que os participantes recebem, que é sempre uma mais valia para os clubes “pequenos”, sem grandes apoios financeiros. Existem naturalmente equipas em risco de descer à 2ª divisão do campeonato distrital de Santarém. E são elas Grupo de Futebol dos Empregados no Comércio, o Centro de Cultura, Recreio e Desporto Moçarriense, a União Abrantina e o Clube Atlético Riachense que ocupam os últimos lugares da tabela. Relativamente às restantes equipas que compõem a 1ª divisão, fizeram um campeonato sem grandes surpresas, ocupando os lugares intermédios da tabela, na maioria da época. Em risco de descer do campeonato nacional e regressar ao campeonato distrital estão as equipas do Alcanenense, do Coruche e do Fátima, ainda que este último se encontre numa situação mais favorável de manutenção que os outros dois. As próximas quatro jornadas serão derradeiras uma vez que vão ditar as contas finais do campeonato.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *