Home > Crónicas > Este lugar perigoso

Este lugar perigoso

Em finais do século XX, quando se deu a queda do muro de Berlim e se desmoronou o Bloco Soviético, muitos analistas bem intencionados, como sempre, proclamaram o fim da Guerra Fria e auguraram mil anos de paz. Fruto de ilusão ou de juízos apressados quis-se acreditar que situações que tantas vezes colocaram o mundo à beira da guerra apocalítica não aconteceriam mais. Porém, olhemos esta Terra tão devastada por conflitos, com tanta morte e tanto sofrimento, e saberemos que a ilusão criada pelo fim da oposição entre dois blocos, capitalismo e socialismo, foi uma infundada esperança. É que a realidade na sua essência não se alterou. Continua a divergência de interesses, a luta pelo domínio geoestratégico, a cobiça pelas riquezas do planeta; estão aí os mesmos actores de sempre. As grandes potências, evitando o confronto directo, enfrentam-se em vários lugares do mundo, olhando para os seus interesses, destruindo património e condenando à morte milhares e milhares de seres humanos. Nada de novo. Assim foi sempre. Porém, com profunda inquietação, estamos a viver uma situação nova. Nunca tantos líderes, meio enlouquecidos e com tanto poder destruidor ao seu alcance, assombraram simultaneamente o mundo. Parece que a insensatez se sentou na cadeira do poder dos senhores deste mundo. Repare-se nos conflitos diplomáticos e económicos em que por estes dias mergulham as principais potências. Daqui pode esperar-se um dramático agravar dos acontecimentos como aconteceu no passado em semelhantes situações. Com os líderes mundiais da actualidade estamos perante a possibilidade da ocorrência de uma tragédia. Nunca a insensatez esteve, como hoje, tão generalizadamente sentada na cadeira do poder. E por isso mesmo o mundo dos nossos dias está transformado num lugar perigoso. Mas continuamos a esperar que, apesar de tudo, dentro da caixa de Pandora esteja a Esperança.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *