Home > Crónicas > Frases desfolhadas na boca dos famosos

Frases desfolhadas na boca dos famosos

–“ O cancro não tem cura. É uma doença crónica”. Quem o disse foi a atriz Carla Andrino numa revista cor-de-rosa. Também ela teve essa experiência dolorosa. No entanto, há que ter cuidado como se dizem as coisas e também pensar nas pessoas que estão a lutar contra essa doença. Sabemos que nessas alturas estamos debilitadas, mais sensíveis psicologicamente e com vontade de nos atirarmos para a morte, como sendo uma libertação do nosso penar. E se lermos esta frase o que restará senão ficarmos ainda mais deprimidas, a chorar, a gritar e com mais vontade de nos suicidarmos? Porque muitos de nós não têm ninguém e será muito difícil ter forças para nos levantarmos do buraco. “– Ter sido diagnosticado fibromialgia foi uma bênção”. Este testemunho foi dado pela vete
rana atriz Rita Ribeiro. Esta “bênção” quis a senhora dizer que foi no sentido para cuidar com mais atenção do seu corpo. No entanto houve uma má recetividade da parte dos doentes que padecem desta doença. Pois como se não bastasse a dores que têm ainda se sentiram gozados. Outros disseram que não tinham dinheiro para recorrer a medicinas alternativas que são muito dispendiosas, mas que a atriz pode pagar. “– O coração é só um músculo, alma fica lá e é a mesma”. O cantor Salvador Sobral mencionou isto na primeira entrevista depois de sair do hospital. Também diz que não tem vontade de saber quem lhe doou o coração. E apesar de ser apenas um músculo, era de outro ser humano que perdeu a vida. Penso que poderia haver mais humildade e um agradecimen
to aos familiares que fizeram a doação. “– Ter filhos neste país não tem condições”. Quem o afirmou foi Paula Marcelo ex-companheira e atriz de Camilo de Oliveira, quando o jornalista a questionou pelo facto de ela não ter sido mãe. Disse também que na altura não tinha estabilidade financeira. O que mais me choca é ela dizer que o seu país e nosso não ter condições para que uma criança nasça cá. Felizmente em Portugal, uma criança pode correr pelo campo alegremente sem ter receio de levar com uma bomba em cima. São frases destas proferidas por estas pessoas que “conhecemos” do mundo televisivo que deveriam ter cuidado com o que dizem. Respeito pelo público, porque somos nós que lhe damos indiretamente trabalho.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *