Home > Saúde > Ter barba não é apenas uma questão de moda

Ter barba não é apenas uma questão de moda

Atenção, este artigo é apenas para barbudos. Ou para aqueles que desejam ter uma barba bonita e saudável. Sim, porque ter barba não é apenas uma questão de moda e há estudos que indicam que podem trazer benefícios para a nossa saúde, assim como problemas, se não forem bem cuidadas. Segundo um estudo da Universidade Southern Queensland da Austrália a barba traz muitos benefícios no que toca à proteção contra alergias, tosse e raios ultravioletas. Ou seja um barbudo está sempre mais bem protegido contra o sol quando está na praia, ainda que não se dispense sempre o protetor solar. A barba consegue absorver 95% dos raios ultravioletas.
Outra vantagem é que no inverno ter uma barba, pode ajudar a mantermo-nos mais quentinhos. Um outro estudo realizado por uma empresa alemã, a Braun, constatou que, deixar a barba crescer, e cuidar frequentemente dela, faz os homens sentirem-se mais confiantes com sua aparência, e acabam por receber mais elogios. Claro que receber elogios é interessante, mas isto não resume a autoestima a este aspeto, certo? O simples facto de manter uma barba limpa e cuidada denota um cuidado especial consigo mesmo, e melhora as nossas relações sociais. Mas se ter uma barba traz muitos benefícios, não cuidar dela pode trazer alguns problemas. Segundo a revista Sábado um outro estudo realizado pelos laboratórios Quest Diagnostics do Novo México nos Estados Unidos mostram também que as barbas tem mais bactérias que uma casa de banho suja. O responsável pelo laboratório, analisou várias barbas à procura de bactérias e constatou que a maioria delas apresenta as mesmas que se encontram em casas de banho. É por isso muito importante os homens terem uma barba limpa, é necessário lavar as mãos e usar um bom esfoliante. Esta questão levantou polémica, o que levou a um programa de um canal de televisão Britânico a investigar o assunto. O programa acabou por revelar que afinal as barbas podem estar a albergar a próxima geração de antibióticos. É que, neste tipo de ambiente muito competitivo, com luta por espaço e por alimento, as bactérias tendem a produzir toxinas para eliminar a concorrência. Uma das espécies encontradas, chamada Staphylococcus epidermidis, foi testada contra um tipo de bactéria E. coli resistente aos medicamentos e acabou por conseguir matá-la. Bem, depois de tudo isto já sabe, se quiser ter uma barba da moda não se esqueça que também é preciso tratar dela. Se for careca mas barbudo pense pelo lado positivo, pode ter deixado de cuidar do cabelo, por não o ter, mas continua a ter um motivo para continuar a ir ao barbeiro.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *