Home > Ana Correia > Crise no Torres Novas?

Crise no Torres Novas?

O Clube Desportivo de Torres Novas somou no domingo a quarta derrota consecutiva, perdendo em casa frente ao Ferreira do Zêzere. A equipa de Nando Costa entrou em campo consciente da dificuldade do jogo, mas ao mesmo tempo ciente da importância que seria a vitória. O Torres Novas entrou mais dominador, mas cedo ficou em desvantagem no resultado, por um erro da defesa. Apesar desta adversidade no início de jogo, os Amarelos iam tentando causar perigo ao Sport Club Ferreira do Zêzere numa tentativa de igualar a partida. A equipa visitante procurou no segundo tempo aguentar a vantagem no resultado, já o Torres Novas, a perder, foi obrigado a arriscar mais para conseguir chegar ao golo, mais ainda assim não conseguiu essa proeza, uma vez que encontraram uma equipa bem organizada defensivamente. Como se diz tradicionalmente “equipa que não marca, sofre”, assim foi, a equipa torrejana sofreu três golos no decorrer dos últimos vinte minutos da partida, o que parecia impossível perante um jogo bem disputado pelos Amarelos, que dominaram o jogo demonstrando superioridade em quase todo o tempo. Os três últimos golos do Ferreira do Zêzere aconteceram sempre na sequência de contra-ataques, uma estratégia bem adotada pela equipa visitante, que grande dor de cabeça deu aos torrejanos que, a pouco e pouco, se foram apercebendo do tipo de jogo que o Ferreira do Zêzere trouxe para esta partida. Os Amarelos não conseguiram travar os excelentes movimentos rápidos de contra-ataque da equipa adversária, que cada vez que se aproximavam da baliza de Rui Galrinho causavam perigo e revelavam eficácia. Relativamente à equipa de arbitragem liderada por Roberto Felisberto e auxiliada por Pedro Francisco e Alexandre Sabugueiro não lhes pode ser atribuída culpa no resultado, embora tenham errado em alguns momentos quer para o Torres Novas quer para o Ferreira do Zêzere. A crise parece estar a instalar-se no Clube Desportivo de Torres Novas, com algum azar pelo meio, a verdade é que os adeptos querem ver de volta um Torres Novas mais eficiente e com melhores resultados.
Crise

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *