Home > Teresa Tapadas > COISAS e CENAS & CENAS e COISAS

COISAS e CENAS & CENAS e COISAS

Dia 1 de janeiro do ano da graça de 2018.
E, pronto…
Estamos definitivamente em modo “rescaldo das festas”. A muito custo arrisco mesmo a dizê-lo, começamos a pensar que amanhã voltamos ao “rame rame” do nosso quotidiano. Como em qualquer rescaldo há sempre umas quantas notícias menos boas… ah pois é! O noticiário dá-nos conta das mesmas. Os aumentos são transversais. Do pão, à luz passando pelo azeite e pelo leite e portagens. E este ano nem o Salário Mínimo escapou. Vejam só… até este vai aumentar! E como a tradição ainda é o que era, é dia de Mensagem de Ano Novo do Presidente da República. E o “nosso” Marcelo às 8 horas da noite em ponto, tal como estava anunciado, falou ao país em direto a partir de sua casa e como de costume bem! Mensagem curta, simples, mas muito intensa e carregada de afetos. Sempre os afetos em grande destaque. Deixo-vos aqui os que para mim foram os três momentos: “Estranho e contraditório ano esse, que ontem terminou, e exigiu tudo de todos nós.” “O ano que ora começa tem de ser, pois, o ano dessa reinvenção.” “Temos de superar o que de menor nos divide para afirmar o que de maior nos une” Vale a pena parar um bocadinho e refletir sobre estas palavras, apenas porque TUDO ISTO EXISTE, TUDO ISTO É TRISTE (mas por vezes é mesmo a nossa realidade), TUDO ISTO são COISAS e CENAS & CENAS e COISAS.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *