Home > Ana Correia > Balanço do distrital

Balanço do distrital

Nesta época de Natal e de Ano Novo o campeonato distrital de futebol fez uma paragem e, é por isso, momento de fazer um balanço da época até agora. Quem se está a sair melhor, quem está a desiludir, o que se pode mudar para melhorar, são alguns dos aspetos a ter em conta na hora de fazer um balanço do percurso das equipas que compõem a 1ª divisão do campeonato distrital de Santarém. A atual líder é a Associação Desportiva de Mação, que conta com 26 pontos na tabela classificativa e tem feito até aqui um excelente campeonato, inclusive parece ser ameaça para todas as equipas que a defrontam, até porque só perdeu ainda um jogo e já é por muitos apontada como a vencedora desta época. Quem a “persegue” na luta pelo título é o Fazendense e o União de Tomar que contam ambas com 21 pontos e são talvez quem ainda lhes consiga roubar a liderança. Ainda nos lugares cimeiros da tabela podemos encontrar igualados na pontuação (19), o Almeirim, o Ferreira do Zêzere e o Clube Desportivo de Torres Novas, que têm feito um campeonato equilibrado, sem grandes surpresas nos resultados que têm obtido. O Ouriense e o Samora Correia somam 17 pontos, tendo feito até agora um campeonato normal que vai ao encontro do que se tem visto destas duas equipas em épocas anteriores. O Sport Lisboa e Cartaxo tem demonstrado algumas dificuldades, pois tem tantas vitórias como derrotas, o que acaba por ser surpreendente pela negativa, uma vez que é um clube cuja história tem sido marcada pelo sucesso. As equipas em que se verificam mais derrotas do que vitórias são o Amiense, a Abrantina e o Moçarriense, que ainda pouco pontuaram e não vão além dos últimos lugares da tabela. Quem não está a ter um bom campeonato e cujo título já não fará parte dos seus objetivos é o Riachense e os Empregados do Comércio que se encontram no fim da tabela com uma pontuação de 7 e de 5 respetivamente. O Clube Atlético Riachense teve um mau início de época, com muitas derrotas, estando agora numa fase um pouco melhor, onde as vitórias começam a acontecer. Uma explicação para este facto é a entrada de novos reforços no plantel e também o novo técnico que já é bem conhecido dos Riachenses, Tó Miranda, que passou de treinador adjunto para principal da equipa. O balanço até agora é este, mas como o campeonato ainda terá muitas jornadas, ainda nada está decidido.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *