Home > Ana Correia > Amarelos acabam o ano com chave de ouro

Amarelos acabam o ano com chave de ouro

O Torres Novas terminou o ano da melhor maneira que se podia esperar. A goleada veio comprovar a qualidade da equipa de Nando Costa terminando o ano civil em beleza. Os Amarelos receberam o Benavente em casa e golearam por 7-2 num jogo para a Taça Ribatejo. Só a vitória servia aos homens de Torres Novas para seguir em frente na competição e, conscientes disso, não deram hipóteses à equipa visitante de estragar o seu sonho e objetivo. Entraram em campo focados na vitória e sem demoras inauguraram o marcador ainda no decorrer do primeiro minuto de jogo. A equipa da casa foi mantendo a superioridade e aumentou a vantagem aos 15 minutos numa recarga de Ricardo Major. O Benavente não desanimou e respondeu da melhor forma ao golo dos torrejanos reduzindo o resultado para 2-1. Os amarelos estavam imparáveis e o terceiro golo acabou por surgir pouco depois, colocando-os assim num resultado mais confortável. Mas, ainda assim não se acomodaram com a vantagem e foram tentando sempre mais. Aos 30 minutos Major bisa na partida e já lá iam quatro para o Torres Novas. Não estando a ter uma partida fácil, o Benavente, vê ainda um dos seus jogadores ser expulso por duplo amarelo. Sem hesitações os Amarelos aproveitaram para marcar mais um golo logo após a expulsão. Bem presente e interativo no jogo estava Ricardo Major, que perto do intervalo fez o Hat-Trick, enchendo de orgulho a bancada. Numa vantagem segura, ainda havia tempo para mais um golo e aos 49 minutos surgiu o 7-1 com o avançado Micael a bisar na partida. A segunda parte foi um pouco mais morna, com o Torres Novas a gerir a posse de bola, num ritmo mais lento, tendo ainda criado algumas jogadas de perigo. Já o Benavente ia fazendo o que podia e o que os Amarelos deixavam. Em período de compensação o árbitro João Mendes assinalou grande penalidade a favor da equipa visitante. Num duelo entre o jovem guarda redes Canais e o camisola 11 do Benavente, o torrejano não conseguiu travar a bola. Os homens do Torres Novas fizeram em campo tudo o que tinha que ser feito e que lhes era pedido, passando com bastante mérito à próxima fase da Taça Ribatejo.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *