Home > Ana Madureira > Black o quê?

Black o quê?

A loucura da Black Friday passou-me totalmente ao lado. Ainda bem. Não havia, na realidade, nada de que precisasse com urgência. Nem nenhuma promoção que valesse a pena. Tal como nos saldos e noutras promoções ou campanhas, todo o cuidado é pouco. Nas redes sociais, proliferaram fotografi as que ridicularizaram esta Black Friday. Artigos que custavam 299€, por exemplo, em promoção fi cavam a 500€. Sim, verdade. O consumismo tem servido para uma compensação emocional, em muitos casos. As pessoas sentem-se felizes por comprar, por consumir. E, muitas vezes, coisas de que não precisam. Antes de caírem em tentação, por exemplo, em campanhas de roupa e acessórios, tenham alguns cuidados e imponham regras a vocês mesmos. Antes de mais, abram o vosso guarda-roupa e façam uma limpeza. Regra geral, aquilo que não usamos há mais de um ano, ou que não usámos na mesma Estação do ano passado, vai continuar a fi car de lado e não voltamos a usar. Tudo o que já não usamos, deitar fora (deitar fora é uma força de expressão, aproveitem e ofereçam a quem mais precisa). De seguida, tentem perceber o que vos faz mais falta: calças? Camisas? Camisolas? Vestidos? Sapatos? Lenços? Casacos? Façam uma lista, criem conjuntos e, depois, aí sim, vão às compras. Vão ver que ir para uma loja de roupa com uma lista não é assim tão disparatado. E que vão gastar muito menos e comprar com regra. Aproveitem as promoções, as Black Fridays, os Balck Weekends e outros só se vos compensar. Caso contrário, aproveitem para fazer umas pipocas, ver um fi lme e relaxar. Porque nestes dias, a confusão é tanta que não vale a pena.

 

Dona Imagem

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *