Home > Crónicas > Catalunha: Um “bico de obra”

Catalunha: Um “bico de obra”

Por: Armando Rebelo

Já neste jornal abordei o complexo problema da independência da Catalunha, que após avanços e recuos, declarou
Independência, como um País, como uma República.
De facto o «bico de obra da Catalunha» é um gravíssimo problema político, social e económico, pleno de decisões erróneas das duas partes envolvidas, onde a falta de senso, consensos e diálogo foram uma constante entre Mariano Rajoy e Carles Puigdemont, numa batalha que teve graves contornos de violência e que ninguém
sabe como irá terminar. Madrid e o Governo do PP aliado com o PSOE – e não só, conseguiu que o Supremo
Judicial permitisse a aplicação do Artigo 155 da Constituição, que anula toda a Autonomia Catalã e põe esta região
quase, em Estado Sítio, onde todos esperamos que uma grande violência possa não ocorrer, numa situação
que muitos consideram, um autêntico barril de pólvora.
Toda a imprensa espanhola refere medidas drásticas a implementar, como as prisões de Puigdemont e Forcadell,
bem como de todo o Executivo e Membros do Parlamento, que se afirmaram Independentistas.
Igualmente o Chefe dos «Mosos de Esquadra» foi já destituído e o mal-estar reina na Polícia da Catalunha,
agora já declarada República.
Mas há mais, quais são os Países que irão reconhecer a Nova República Catalã, como
um Estado Pleno? Os analistas políticos já falam da Coreia do Norte, da Venezuela,
entre outros.
A própria Federação Russa, de acordo com um artigo escrito pelo jornalista José Milhazes, do Sr. Putin, já se prepara para aproveitar esta crise política em Espanha, sugerindo, em meias palavras,
através do seu Ministro dos Negócios Estrangeiros, que a Catalunha poderia fazer
parte da Organização Económica Euro Ásia, da qual já fazem parte a Federação Russa, a Bielorrússia e o Cazaquistão. Por outro lado, a União Europeia e os Estados Unidos apoiam a união da Monarquia Espanhola.
Muito mais haveria a analisar, mas o que é certo é que o «País» cuja Capital é Barcelona, foi declarado Soberano
pela maioria do seu próprio Parlamento. Madrid, já começou a agir e será que irá agir de forma violenta? Será que estamos perante um possível cenário de outra Guerra Civil?
Nós Portugueses, que já declaramos solidariedade com Madrid, porém iremos qualquer cenário ser por
certo afetados. Assim o creio. Certo Certo é que o «Bico de Obra» já existe.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *