Home > Dança > 29° Festival Nacional de Folclore em Liteiros

29° Festival Nacional de Folclore em Liteiros

noticia1_gd2Escolinha de Folclore é promessa com futuro

Integrado nos festejos em Honra de Nossa Senhora do Rosário, que se realizaram no último fim de semana, a localidade de Liteiros acolheu no sábado, dia 29 de julho o 29º Festival Nacional de Folclore organizado pelo Rancho Folclórico Recreativo “Os Ceifeiros de Liteiros”, onde não faltou a participação especial da sua Escolinha Etnofolclórica, que há muito que é uma promessa com futuro para este grupo folclórico.

Ao anfitrião, o Rancho Folclórico Recreativo “Os Ceifeiros de Liteiros” e à sua escolinha que inaugurou as atuações, vieram se juntar o Rancho Cultural e Recreativo de Sinde – (Tábua, Beira Alta – Serrana) e o Grupo de Danças e Cantares de Vermil (Guimarães, Baixo Minho).

Depois do jantar convívio foi tempo dos componentes dos vários grupos se trajarem a rigor para a grande noite de folclore, no adro da festa junto à capela.

Antes de se dar início às atuações, já com o recinto das festas repleto, é o momento da sessão solene e das palavras de ocasião que marcam mais este encontro em redor do folclore.

Luís Filipe Santos, responsável pel’ “Os Ceifeiros” de Liteiros começou por agradecer a presença de todos quantos ajudaram na realização de mais este festival que já vai na sua vigésima nona edição, não deixando de recordar que a iniciativa se integra nas festas de verão de Liteiros, em honra de Nossa Senhora do Rosário.

É louvável exaltar as tradições, usos e costumes de outrora como aqui está a acontecer hoje. Obrigado às entidades que permitem que aqui estejamos”.

O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira que se fez acompanhar pelo seu Vice, Luís Silva e pela Vereadora da Cultura e das Coletividades, Elvira Sequeira, afirmou um “grande orgulho nesta coletividade que dignifica a terra de Liteiros e Torres Novas. Saúdo os Ranchos Folclóricos visitantes e que vêm trazer muita alegria e solidariedade”, destacou o autarca que terminou desejando uma boa e tranquila viagem de regresso a suas casas.

Por seu lado, Pedro Morte, presidente da União das Freguesias de Torres Novas, Santa Maria, Salvador e Santiago desejou os melhores êxitos ao grupo da casa e aos visitantes, dando os parabéns aos “Ceifeiros” pela excelente organização, enaltecendo esta iniciativa que recorda “os usos e costumes que não se querem perdidos e são as raízes deste povo”.

O representante do Conselho Técnico do Alto Ribatejo e da Federação de Folclore Português, FFP, trouxe a prenda da noite lançando o desafio ao Rancho de Liteiros de que daqui por um ano já sejam federados na FFP.

Célia Ramos

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook