Home > Região > As origens da Feira dos Frutos Secos

As origens da Feira dos Frutos Secos

Ainda no rescaldo da 31.ª Feira dos Frutos Secos, O Almonda foi desafiado por dois amigos, Corina Ferreira, torrejana sobejamente conhecida pela sua ação meritória para com a sua cidade natal, e com João da Guia, torrejano, jornalista e apaixonado pela sua cidade, que quiseram partilhar as origens desta Feira.

Importa assim recuar aos tempos anteriores ao 25 de abril de 1974. Torres Novas era uma terra rica e vocacionada para a agricultura e pecuária. Por aqui se criavam 8 a 9 mil bezerros por ano, que forneciam carne fresca para abastecer os talhos. Por aqui eram fecundos, os campos de trigo e milho. E o figo, esse era o rei. Utilizado para a aguardente de figo e depois de destilado era alimento para os animais. Um grande número de agricultores e produtores viviam com base nesta produção.

Assim nos explicou João da Guia, que prosseguiu afirmando que, toda esta riqueza foi “por água abaixo” quando no lugar do figo, passou a ser importando das ilhas cana de açúcar, para a produção da aguardente.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *