Home > Colaboradores > Madalena Monge > Ai senhora, ai senhora

Ai senhora, ai senhora

Nem sei como começar esta carta, transformada em artigo. Mas aqui vamos nós felizes contemplados pelo mau cheiro da Ribeira da Boa Água ao passarmos de TUT por lá. Sim porque a linha vermelha foi aumentada, não estivesse já a romper pelas costuras ainda lhe deram mais um percurso.

Ao entrar no Torreshopping tem de ir à rotunda das bombas de gasolina do Pingo Doce. Para quê perguntam os passageiros? Para transportar as pessoas que vão para o Bairro do Nicho porque o TUT dos Riachos deixou de lá passar, pois chega ao CRIT e volta para trás em direção à Sapeira. Terá cabimento esta mudança?

Não tem não senhor, porque a senhora, apenas manda implementar os horários e o resto que se lixe. Devia perguntar aos motoristas que fazem a linha vermelha se o tempo dá para fazerem todo o percurso. Claro que não dá.

Pois agora chegam ao Bairro da Cabrita sempre com uns minutos de atraso e queixam-se os motoristas, queixam-se as pessoas que isto não pode continuar assim. E não esquecendo que ao sábado de manhã vão à Ribeira Branca.

Já agora aproveito para perguntar por que motivo na placa indicadora do percurso da linha vermelha deixaram de colocar Bairro da Cabrita optando por Lapas. O bairro é algum local desterrado? Esquecem-se que é daqui que parte o urbano e termina o seu serviço. Também não se percebe porque alguns autocarros já andam a dar problemas se são novos? Ou a porta traseira não abre, ou um pneu em baixo. Realmente a linha vermelha é a mais sobrecarregada enquanto a linha azul limita-se a andar pela cidade e ter melhores percursos, melhores autocarros e menos problemas.

Sabemos todos que a 31ª Feira dos Frutos Secos chega dia 30 de Setembro e termina a 5 de Outubro. Como estava interessada em participar com uma banca fui informar-me acerca dos preços. Fiquei estupefacta quando me disseram simpaticamente que uma banca do mercado custava a módica quantia de 200€ e que no exterior, ou seja, sem banca cada metro quadrado custava 25€.

Não acha exagerado minha senhora?

Haverá muita gente que o lucro de vendas nem chegará para os combustíveis sequer. Será que esse dinheiro é para pagar à RTP1 que vem fazer o programa da tarde no sábado dia 1 de Outubro?

E agora falemos de condições sanitárias por exemplo. Já reparou que a nossa cidade não tem uma casa de banho pública aberta?

No Jardim das Rosas a porta está fechada a cadeado. Na avenida somente a dos homens está aberta. Na Praça 5 de Outubro há muito tempo que as outras estão encerradas. Em vez de fazerem a manutenção devida é-lhes mais fácil trazer aqueles contentores mal cheirosos com sanitas enfiados em cubículos que mal dá para uma pessoa fechar a porta.

Ai senhora, ai senhora Autarquia valha-nos Santo Ambrósio para aguentar uma cidade com ar de ruína a céu aberto.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *