Home > Sociedade > Exercício militar “Rosa Brava” – 300 militares em Torres Novas

Exercício militar “Rosa Brava” – 300 militares em Torres Novas

 

De 24 a 30 de Abril, a cidade de Torres Novas irá receber 300 militares da Brigada Mecanizada do Exército (BrigMec), do Quartel do Campo Militar de Santa Margarida, para uma semana de treino em meio urbano, num exercício denominado “Rosa Brava”.

 

Este treino abarcará o concelho torrejano, a Chamusca, Abrantes e Ponte de Sôr. As três centenas de militares acamparão junto à rotunda “Xanana Gusmão”, nas imediações do Hospital Rainha Santa Isabel e outros ficarão instalados no pavilhão da antiga Rodoviária. 

 

Esta operação tem como intuito a preparação de 300 militares para a próxima missão de paz a seguir rumo ao Kosovo. Pretende-se ainda que constitua uma oportunidade para uma maior aproximação junto da população, bem como a sensibilização de jovens para uma futura incorporação no Exército.

 

Nessa semana, de 24 a 30 de Abril, estará presente um Gabinete de Atendimento ao Público na superfície comercial Torreshopping, para prestar esclarecimentos e receber possíveis inscrições para jovens até aos 24 anos. O Major-General António Agostinho, responsável pelo exercício “Rosa Brava”, presente na conferência de imprensa de apresentação, explicou que «em tempo de crise estamos com falta de voluntários, até de pessoas da própria região onde existe esta brigada», que conta já com 30 anos de existência. Reforçou os benefícios dessa adesão, lembrando a existência de um protocolo com o ISLA de Santarém através do Centro de Novas Oportunidades para que os futuros recrutas possam acabar o ensino básico e secundário.

 

A Brigmec vai treinar em ambiente “Three Block War”, conceito que incide no treino para três abordagens distintas: a ajuda humanitária; as operações de manutenção de paz; e acções de combate no meio de civis. 

 

A missão “Rosa Brava” incorporará actividades de transporte de materiais pesados, por via ferroviária e terrestre, de címica, operação civil militar e culminará com uma parada militar  na presença do Chefe do Estado-Maior do Exército, General José Pinto Ramalho, juntamente com cerca de mil militares

 

Durante essa semana, António Rodrigues, Presidente da Câmara de Torres Novas, ainda garantiu proporcionar um elo de articulação entre os militares e a população estudantil, tanto dos mais pequenos como dos mais velhos.

 

Isabel Maia

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook