Home > Saúde > Distúrbios e agressões no hospital de Torres Novas

Distúrbios e agressões no hospital de Torres Novas

No dia 30 de janeiro a PSP de Torres Novas foi chamada à Unidade Hospitalar de Torres Novas, após a ocorrência de vários distúrbios e agressões provocados por vários elementos de uma família que reclamava a morte de uma mulher, imediatamente após ter tido alta hospitalar.

Uma mulher, de 54 anos, deu entrada nas urgências e após ter sido vista por um médico, por volta da hora do almoço, foi submetida a um conjunto de análises e exames. Após a análise dos mesmos o médico deu-lhe alta. Na tentativa de regressar ao carro para se deslocar para casa, a mulher viria a falecer ainda no local.

Foram de imediato realizadas várias tentativas de reanimação por parte dos cardiologistas, que se verificaram infrutíferas.

Esta morte originou assim vários distúrbios e agressões a um médico e outros profissionais por parte de familiares da vítima que não se conformaram com este episódio dramático.

Os familiares da vítima partiram ainda vidros, portas e equipamento diverso.

A PSP deslocou de imediato meios para o local, incluindo o oficial de serviço, que conseguiram conter a situação.

Depois de avaliada a situação, o Ministério Publico, dispensou a realização da autópsia, tendo o corpo já sido entregue à família.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *