Home > Aldeias > Pé de Cão em “pé-de-guerra”

Pé de Cão em “pé-de-guerra”

p1-pe-de-cao_grd

Uma representação de moradores de Pé de Cão e da coletividade local foram à Assembleia Municipal, do dia 28 de Setembro, dar conta do seu descontentamento pela falta de alcatrão nos arruamentos e pela «utilização abusiva» das instalações da colectividade de Pé de Cão. É caso para dizer que aquela localidade está em “pé-de-guerra”.

Ana Margarida Melenas fez ouvir a sua voz (ver peça na pág 7) em nome da colectividade de Pé de Cão. Reclamou da afixação de editais que davam conta da realização do ato eleitoral das legislativas na colectividade, sem que esta tenha sido informada. Depois recordou que as obras da empresa Águas do Ribatejo trouxeram benefícios à população por um lado, mas por outro deixaram as ruas «intransitáveis», sem segurança sequer para que as crianças da aldeia brinquem na rua.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook